Faça o seu pedido

NOTÍCIAS 24/11/15

Anvisa aprova produto biológico novo para tratamento de diabetes

 

A Anvisa deferiu o pedido de registro do produto biológico novo Eperzan® (albiglutida). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (23/11). A albiglutida pertence a um grupo de medicamentos chamados de agonistas do receptor GLP-1, que são utilizados para diminuir os níveis de açúcar (glicose) no sangue em pacientes adultos com diabetes tipo 2.

O produto foi aprovado para o tratamento da doença quando a dieta e exercícios sozinhos não proporcionam controle glicêmico adequado em pacientes para os quais o uso de metformina é considerado inapropriado devido a contraindicações ou intolerância. Também possui indicação para terapia combinada com outros medicamentos hipoglicemiantes, inclusive insulina basal, quando estes, em conjunto com dieta e exercícios, não proporcionam controle glicêmico adequado.

Fonte: ANVISA

 

Seminário de Boas Práticas Regulatórias terá transmissão em tempo real


23 de novembro de 2015

Nos dias 24 e 25 de novembro, a Anvisa irá realizar o Seminário de Boas Práticas Regulatórias: Elementos para regulação de qualidade, no Auditório da Anvisa, em Brasília. O evento será transmitido pela internet, em tempo real. O endereço para acesso é https://livestream.com/accounts/7949389/events/4533323.

O seminário tem o objetivo de estimular a adoção de melhores práticas no processo regulatório e o debate de aspectos relacionados à governança regulatória, à regulação baseada em evidência e à gestão do estoque regulatório. O evento também abordará aspectos teóricos gerais e iniciativas exitosas nacionais e internacionais.

Durante a reunião do dia 24, está previsto o lançamento do relatório da Agenda Regulatória da Anvisa – Biênio 2015/2016. Já no dia 25, será formalizado o termo de cooperação técnica entre a Anvisa e a Confederação Nacional da Indústria (CNI), com escopo relacionado à gestão do estoque regulatório.

Fonte: ANVISA

 

Brasil perde posição no ranking mundial dos maiores mercados farmacêuticos

22/11/2015

A desvalorização do real diante do dólar é responsável pela queda, segundo o diretor Pedro Bernardo. Veja entrevista concedida à Folha de S.Paulo deste domingo.

Mercado Aberto: Degrau Abaixo

Folha de S.Paulo

Colunista: Maria Cristina Frias

O faturamento do setor farmacêutico no Brasil teve queda de US$ 2,5 bilhões (cerca de R$ 9,3 bilhões) atingindo US$ 28,1 bilhões de 2013 a 2015, segundo dados da IMS Health compilados pela Interfarma (entidade da indústria farmacêutica de pesquisa).

Isso fez com que o país perdesse uma posição no ranking das nações que detêm os maiores mercados do segmento no mundo.

O Brasil saiu do sexto lugar, em 2013, e agora ocupa a sétima colocação. Estados Unidos (1º),China(2º)e Japão (3º) estão no topo da lista.

No período, para a Interfarma,o câmbio desfavorável impulsionou a queda. “No mercado interno, o setor registra um crescimento de dois dígitos, mas a valorização do dólar forçou o resultado negativo”, explica Pedro Bernardo,diretor da associação.

A entidadeprojetava que o Brasil conseguiria,nospróximos três anos, alcançar a quarta posição.“Agora, a meta não é nem crescer, mas manter o mercado nacional na mesma colocação”, diz.

O varejo representa cerca de 75% do mercado farmacêutico brasileiro.

Leia Também